Obsessores Noturnos

Os obsessores noturnos são mais comuns do que imaginamos e sua presença é mais constante do que supomos. Geralmente são espíritos viciados, vingativos, vampirizadores ou simplesmente maldosos.
Costumam se acomodar ao lado da cama de sua vítima e ali permanecem como se estivessem velando pelo sono, quando na verdade estão sugando energias ou impondo tormentos a quem obsediam.
Às vezes se ligam à pessoa por possuir um vício comum a ela, então ficam ali horas e horas induzindo a vítima a se afundar cada vez mais no vício. Outras vezes são vingativos, tiveram algum desentendimento com os antepassados da vítima e se vingam na geração atual. Há também os que são mandados para prejudicar a pessoa, através de rituais de magia negra. Por fim, existem aqueles que vagam por aí, procurando alguém a quem vampirizar – e se ligam à pessoa por algum tipo qualquer de afinidade ou mesmo por perceber nela uma fraqueza que facilite o processo de obsessão.
COMO IDENTIFICAR ESSES OBSESSORES
Na maioria das vezes eles não são visíveis aos olhos humanos, salvo os casos de pessoas que possuem o dom da clarividência. Mas é possível saber se você está sendo vítima desses obsessores nos seguintes casos:
1. Se acorda sempre na mesma hora durante a madrugada e perde o sono sem explicação;
2. Se acordar sem motivos aparentes e sentir um arrepio percorrendo o corpo, especialmente a coluna e a nuca;
3. Se ao estiver quase dormindo, ter a sensação de uma voz lhe chamando;
4. Se, mesmo que tendo dormindo a noite inteira, acordar com a sensação de cansaço e tonturas;
5. Se tiver por seguidas vezes o mesmo sonho (geralmente pesadelos).
COMO AFASTAR OS OBSESSORES NOTURNOS
O pensamento positivo e afastado de coisas ruins sempre é um bom remédio, mas também é possível manter longe essas visitas indesejáveis distantes, usando alguns métodos:
1. Manter em seu quarto um vaso com manjericão (trata-se de uma sabedoria indígena muito eficiente para afastar maus espíritos);
2. Manter o quarto sempre limpo, pois de uma forma geral, obsessores adoram sujeira;
3. Limpar o ambiente com produtos à base de amônia (espíritos negativos detestam o cheiro de amônia);
4. Evitar palavrões e palavras negativas (desgraçado, maldito, etc) no ambiente;
5. Mesmo diante das piores situações, não demonstrar medo;
6. Ter autoridade sobre o obsessor: deixar claro que a casa é sua e que ele não tem permissão para ficar ali;
7. Evitar vícios e maus hábitos.
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.